Governo do Distrito Federal
3/06/22 às 8h10 - Atualizado em 3/06/22 às 8h10

Prevenção a incêndios e caminhada marcam Semana do Meio Ambiente

COMPARTILHAR

Parque de Águas Claras conta, desde esta quarta-feira (1º), com atividades de educação ambiental | Foto: Secom/Sema

O Instituto Brasília Ambiental e a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) iniciaram as atividades da Semana do Meio Ambiente de 2022 com exposição fotográfica, que segue até o dia 30 de junho, no Parque Ecológico de Águas Claras. Ainda estão previstas na programação atividades educativas, ações de prevenção a incêndios florestais e caminhada no Parque das Copaíbas.

 

A exposição Natureza é…, que retrata fauna e flora do cerrado, é composta por 20 painéis e deve permanecer na unidade de conservação até o dia 30 deste mês. “O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado para sensibilizar a população sobre as questões ambientais, o que incentiva os órgãos a pensarem em uma programação completa que chame a atenção para o dia 5 de junho”, explica o chefe de Educação Ambiental do Brasília Ambiental, Marcus Paredes.

 

Ainda no Parque de Águas Claras, o Centro de Referência em Educação Ambiental terá na sexta-feira (3), a partir das 8h30, uma manhã de atividades em comemoração ao Dia da Educação Ambiental. Enquanto isso, os órgãos também atuarão, com apoio da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), em uma blitz educativa do Programa de Prevenção e Controle a Incêndios Florestais (PPCIF), no Jardim Botânico de Brasília, com início previsto para 9h.

 

No domingo (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, será promovida uma caminhada no Parque Distrital das Copaíbas, localizado no Lago Sul, a partir das 8h. A atividade será aberta à comunidade e visa um contato mais próximo com as belezas naturais do meio ambiente do DF.

 

Já de 6 a 27 de junho, os educadores ambientais do Brasília Ambiental realizarão na Estação Ecológica Águas Emendadas (Esecae), em Planaltina, os atendimentos agendados dos alunos de escolas públicas e privadas, conforme disponibilidade.

 

Sustentabilidade

Além da programação nas unidades de conservação, o Centro de Práticas Sustentáveis (CPS), localizado no Jardins Mangueiral e administrado pelo instituto em parceria com o Movimento Comunitário do Jardim Botânico (MCJB), também contará com uma série de eventos durante o mês de junho.

 

O primeiro curso, intitulado Como combater um incêndio florestal, está marcado para o dia 3, às 9h. No dia 8, às 17h, Como separar seus resíduos é o tema da formação, seguida pelo curso Técnicas e preparos da culinária vegana, no dia 9, às 9h30. Para o dia 10, está programado um bate-papo sobre o Papel do educador ambiental na comunidade. Já no dia 18 de junho, às 9h, será realizado o curso Bolos que vendem.

 

Estendendo a programação no CPS, no dia 8 de julho acontecerá o lançamento da 2ª edição do Sarau Julino Sustentável, evento que promove apresentações culturais de artistas da região. Com a temática Lixo Zero, serão distribuídos kits com itens reutilizáveis, visando minimizar o uso e a produção de lixo durante o sarau, assim como a conscientização das pessoas sobre a importância da reutilização e reciclagem.

 

 

*Com informações da Secretaria do Meio Ambiente

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543