Governo do Distrito Federal
21/01/22 às 8h26 - Atualizado em 27/01/22 às 11h26

Conserva Cerrado vai promover inovações na gestão de parques

COMPARTILHAR

O Instituto Brasília Ambiental e a Fundação Pró-Natureza (Funatura) promoveram, nesta quarta-feira (19), a primeira reunião para alinhamento de equipe e o início oficial das atividades do projeto Conserva Cerrado. A parceria faz parte de Acordo de Cooperação Técnica entre a Fundação Banco do Brasil (FBB) e a autarquia ambiental. O objetivo é a execução do Projeto de Compensação Florestal, por meio do Plano de Diretrizes para Aplicação de Recursos de Compensação Ambiental.

 

O projeto vai elaborar estudos técnicos para criação, recategorização, definição de poligonais (espaço territorial) e elaboração de planos de manejo de Unidades de Conservação (UCs) no Distrito Federal, de forma a dotar essas áreas de instrumentos de gestão e planejamento para a proteção da natureza. Durante a reunião, foram apresentados objetivos e metas, além de definido o primeiro bloco de UCs a serem recategorizadas e que terão planos de manejo elaborados.

 

“Sabemos que o Governo do Distrito Federal (GDF) tem uma demanda muito grande de estudos ambientais, pesquisas, planos e até da própria parte jurídica e processual que envolve essas áreas. A definição das unidades foi feita em consonância com o instituto, sempre priorizando o território, o modelo de gestão e a forma de mobilização social a ser utilizada”, destaca Mara Moscoso, coordenadora do Conserva Cerrado.

 

De acordo com a diretora de Implantação de Unidades de Conservação do Brasília Ambiental, Carolina Lepsch, a parceria com a Funatura é fundamental para a troca de conhecimentos em prol da preservação da biodiversidade. “As ações do projeto vão auxiliar tanto no planejamento quanto na gestão das unidades de conservação, sempre tendo em vista o engajamento da comunidade.”

 

Segundo o Brasília Ambiental, a primeira etapa da ação visa concluir o passivo histórico na elaboração de documentação técnica relacionadas às UCs. O convênio via Funatura atuará na elaboração de dez planos de manejos, definição de dez poligonais, além de propor novas áreas a serem protegidas no Distrito Federal. Encontra-se também em curso um processo de contratação de mais 15 planos de manejo e outras 15 poligonais.

 

Em 15 de dezembro de 2021, a Funatura e a Fundação Banco do Brasil (FBB) celebraram convênio para execução do projeto Conserva Cerrado, no âmbito do acordo de cooperação firmado com o Instituto Brasília Ambiental em 16 de junho de 2020.

 

 

* Com informações da Funatura

 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543