Governo do Distrito Federal
18/04/22 às 18h46 - Atualizado em 6/05/22 às 8h48

Brasília Ambiental e Ibama constroem acordo para gestão conjunta do Cetas

COMPARTILHAR

Servidores do Instituto Brasília Ambiental visitaram, na última quarta-feira (13), as instalações do Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama. O objetivo foi ambientar os profissionais ao sistema operacional do local, visto que os órgãos estão trabalhando juntos em um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para gestão compartilhada do Cetas no Distrito Federal.

 

Os Centros de Triagem possuem a finalidade de receber, identificar, marcar, triar, avaliar, reabilitar e destinar os animais silvestres, com o objetivo de devolvê-los à natureza, além de realizar e subsidiar pesquisas científicas, ensino e extensão. Estima-se que cerca de 70% dos animais apreendidos pela fiscalização de fauna do Brasília Ambiental são encaminhados para o Cetas local.

 

De acordo com o secretário executivo da autarquia, Thúlio Moraes, O ACT fará a inclusão de órgãos do Distrito Federal na administração, visando um melhor controle da fauna local. “Outros estados já firmaram Acordos de Cooperação Operacional para atender a determinação de gestão compartilhada da Lei Complementar 140. A ideia é que o Brasília Ambiental seja o órgão de execução responsável no DF”, esclarece o gestor.

 

Segundo Thúlio, pela proposta do ACT, o Ibama continua realizando a gestão do espaço porém passará a contar com algumas contrapartidas do GDF. Os termos do acordo estão sendo discutidos e definidos em reuniões periódicas com a Secretaria de Meio ambiente.

 

Atualmente, diversos órgãos do Distrito Federal utilizam a estrutura do Centro de Triagem e Reabilitação, o que reforça a importância da parceria. “O Instituto já faz um excelente trabalho de fauna doméstica e, a partir do momento em que se juntar ao Ibama para participar da gestão do CETAS, passará a atuar de forma mais completa na gestão de fauna silvestre”, ressalta o técnico de Atividades do Meio Ambiente do Brasília Ambiental, Felipe Duarte.

 

A expectativa é de que o Acordo de Cooperação seja assinado até o final do primeiro semestre, visto que o texto está sendo desenvolvido por um grupo de servidores do Brasília Ambiental, do Ibama e da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), que também participaram da visita técnica.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543