Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/05/17 às 17h02 - Atualizado em 17/12/18 às 11h25

Vagas para castração acabam em menos de uma hora

Devido à grande procura por vagas na campanha do Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos do Distrito Federal, na manhã desta segunda-feira (15), as inscrições encerraram rapidamente, após 45 minutos disponível no site do Instituto Brasília Ambiental (IBRAM).

Agora, o próximo passo é que todas as pessoas que conseguiram efetuar inscrição serão contatadas, via e-mail, informando como retirar o termo de encaminhamento para a clínica credenciada.

Após essa etapa, é responsabilidade do tutor entrar em contato com a clínica para agendar a cirurgia. Se, por algum motivo, for preciso remarcar o procedimento, o responsável deverá tratar diretamente com o consultório. Não haverá segunda chance em caso de falta.

O IBRAM alerta que informações falsas e falta ao procedimento agendado causam o descredenciamento e ainda impedem novo cadastro pelas duas campanhas seguintes.

Castração de grandes plantéis de cães e gatos
Poderão apresentar proposta de parceria com o IBRAM pessoas físicas ou jurídicas que desejam indicar mais de dez bichos para a castração dentro do programa. O mesmo vale para funcionários de instituições públicas devidamente autorizadas pelo dirigente do órgão.

Para tanto, é preciso preencher um termo de referência no qual conste, entre outras informações, o tamanho do plantel e os responsáveis pelo acompanhamento nas operações e no pós-operatório, bem como na captura e o cronograma executivo.

 

Não haverá taxa para o protocolo dos documentos e o próprio interessado poderá cadastrar o pedido. Em casos de quantidades muito elevadas, o órgão recomenda a contratação de um médico-veterinário como consultor técnico para o projeto.

Exames complementares e anestesia inalatória
O Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos no DF oferece de forma gratuita as operações de esterilização (ovário-salpingo-histerectomia para fêmeas e orquiectomia para machos), além de anestesia injetável.

Uma vez necessários exames complementares ou anestesia inalatória, nos casos de raças braquicefálicas — de focinho curto, como os cães boxer, chow chow e pequinês, e o gato persa, entre outros —, os custos devem ser arcados pelos proprietários do animal.

 

A justificativa é que essas raças apresentam muitos problemas de saúde ligados ao sistema respiratório. Em função disso, eles somente serão operados com anestesia inalatória.

 

Esse tipo de anestesia não é coberto pelo programa. Caso o interessado deseje indicar animais com essa característica, a aplicação deverá ser custeada pelo responsável.


Erro nas inscrições

Poucos minutos após a abertura das inscrições no site do IBRAM, foi identificado um erro técnico no formulário disponibilizado para preenchimento. Com isso, os interessados não conseguiam concluir o cadastro. A questão foi prontamente solucionada e as inscrições ocorreram normalmente a partir das 10 horas e 9 minutos.

 

Independente do fato de não ter havido prejuízo para os interessados, o Instituto pede desculpas por eventuais transtornos.


Confira aqui a lista dos inscritos. Ressaltamos que as informações prestadas serão conferidas e incorreções poderão resultar em descredenciamento.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543