Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/11/13 às 11h14 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Programa Tempo de Plantar-2013 dá início à recuperação do Cerrado

O plantio de 500 mudas nativas do bioma Cerrado marca a cerimônia de abertura do projeto Tempo de Plantar. O evento será nesta quarta-feira (20), no Parque Asa Sul, das 8h30 às 11h30. As árvores serão plantadas por crianças de escolas da rede pública do DF.

O programa foi lançado no ano passado, durante a realização da Rio+20 e é uma ação dos órgãos ambientais juntamente com parceiros como Terracap, Novacap e Fundação Banco do Brasil, além da participação de cidadãos e entidades privadas. O GDF, por meio do programa, tem a meta de plantar mais de 1 milhão de mudas nativas do Cerrado até o fim de 2014. As mudas serão plantadas na estação da chuva em áreas públicas, de mananciais, parques e unidades de conservação.

A primeira semana de novembro entrou para o calendário oficial do DF como o período de mobilização pelo reflorestamento e recuperação do Cerrado. Durante o período de chuvas, diversas ações de execução de compensações ambientais e florestais, além do plantio colaborativo, são feitas.

Para Eduardo Brandão, secretário de Meio Ambiente e de Recursos Hídricos, parte dos problemas ambientais podem ser resolvidos com o plantio de árvores. “Temos nos órgãos ambientais do DF o Programa de Monitoramento Ambiental Integrado (PMAI), que monitora cerca de nove programas entre eles, qualidade da água, dos parques, áreas queimadas, mortandade de animais nas rodovias, controle de áreas térmicas, clima, poluições sonora, do ar, entre outros. Quase todos podem ser resolvidos com um simples plantio”, explica Brandão.

Plantio virtual

Gerenciado pela Secretaria do Meio Ambiente e de Recursos Hídricos (Semarh) e pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram), o plantio também pode ser feito por meio de totens interativos. Estes instrumentos percorrerão áreas de grande circulação como parques e escolas. Para cada árvore plantada será confeccionada uma placa contendo informações como o nome do responsável pelo plantio, a data, o local (parque) e especificações da espécie plantada.

Parques implantados e revitalizados

Outra forma de recuperação de áreas degradadas tem sido a revitalização dos 72 parques do DF por meio do programa Brasília, Cidade Parque. “Mais de 30 parques foram contemplados, desde que o programa foi lançado, em junho de 2011. Entregaremos 12 até o fim do ano e para o próximo, os outros. Todos com investimentos de compensação ambiental e florestal, sem comprometer o orçamento do governo, destaca o secretário.   

São Bartolomeu Vivo

Nos próximos dias 6 e 7 de dezembro estão previstos um mutirão de plantio no Ribeirão Sobradinho. Para o projeto Rio São Bartolomeu Vivo, que está concluindo um amplo projeto de recuperação da matas ciliares do Rio São Bartolomeu, está previsto o plantio de 215 mil mudas, fechando o quarto e último período de recuperação da área. Aproximadamente 600 mil mudas já foram plantadas na região e 282 dos 500 hectares das áreas degradadas, recuperadas.

Também estão previstos 550 mil mudas na Floresta Nacional de Brasília, 166 mil no Parque Nacional de Brasília e 265 mil mudas na área próxima a antiga Rede Ferroviária Federal S/A – RFFSA.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543