Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/06/14 às 18h37 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Programa leva mais saúde à comunidade do Sudoeste


Com música popular brasileira e movimentos leves desenvolvidos pela dança do grupo Rio Aberto, foi iniciada a oitava edição do Meio Ambiente é Vida. A ação reuniu, nesta terça-feira,10 de junho, no Parque Bosque do Sudoeste, mais de 400 pessoas para celebrar a vida em torno da natureza. “O objetivo desse projeto é incentivar a população a ocupar os parques do Distrito Federal. Arte, música, dança, exercícios e informações para tirar o melhor proveito da natureza que é a nossa maior aliada na promoção da saúde”, explicou, na ocasião, o subsecretário de Saúde Ambiental da Semarh, Luiz Maranhão.

 

O instrutor do grupo de Lian Gong no parque do Sudoeste, Ebher Bacelar, também acredita nos benefícios para a saúde proporcionados pela interação com o meio ambiente. “Creio que nós que vivemos na cidade, precisamos desse contato com a natureza, de colocar o pé na terra. Isso ajuda a diminuir o desenvolvimento de stress e outras doenças”, comentou.

 

Erilda de Queiroz, moradora da Asa norte e frequentadora do Parque Ecológico e de Uso Múltiplo Olhos d’Água, confirma essas vantagens. “Já fazia caminhadas no parque e há cinco anos entrei para o grupo Vô Vó Malhar é no Parque, praticando exercícios três vezes por semana. Tirei esse tempo para mim e isso fez tudo ser influenciado positivamente. Essas atividades me ajudaram a melhorar minha dor nas costas e no tratamento de um câncer, além de construir novas amizades”, comemorou.

 

O Meio Ambiente é Vida realizou ainda atividade de chi Kung, dança sênior e capoterapia. Aconteceram apresentações musicais com o coral do Grupo dos Mais Vividos do Sesc, de Taguatinga, e o coral Paz e Amor, do Centro de Convivência ao Idoso de Cruzeiro Velho. Além disso, houve os números de dança do ventre tribal, borboleta ecológica e As Cantoras do Rádio. A Drogasil fez aferição da pressão arterial e teste de glicemia, e a Via Oftalmocenter realizou exame da pressão ocular. A ação trouxe ainda massagem funcional realizada por deficientes visuais.

 

Durante a manhã, cerca de 30 alunos do CEF 01 do Cruzeiro Velho participaram de atividades de educação ambiental oferecidas pela Subsecretaria de Sustentabilidade Socioambiental da Semarh, com orientações sobre descarte e armazenamento de resíduos e de consumo consciente.  

 

Desenvolvido pela Subsecretaria de Saúde Ambiental (Susam) da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Distrito Federal (Semarh), o programa Meio Ambiente é Vida irá percorrer todas as unidades implantadas pelo Brasília, Cidade Parque, adaptando as atividades à realidade de cada Região Administrativa. A programação em cada parque será divulgada dias antes do evento e nos sites dos órgãos ambientais. 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543