Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/09/13 às 16h48 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Primeira fase da Operação Abatedouros autua nove empreendimentos

Encerrou nesta terça-feira (10/09) a primeira fase da Operação Abatedouros, realizada por uma equipe de nove fiscais do IBRAM. A ação resultou em 16 empreendimentos vistoriados, dos quais nove foram autuados, e desses, sete também foram multados. As multas variaram de R$ 570,00 a R$ 5.608,00, somando um total de mais de R$ 20 mil.

Os fiscais acreditam que o objetivo da Operação foi cumprido. “Nossa intenção é trazer os empreendimentos para a regularização. E isso está acontecendo, pois vários dos empresários autuados já procuraram o IBRAM para se regularizar”, explica Dênio Souza Costa, auditor fiscal coordenador da operação.

Ele ressalta que as principais irregularidades encontradas foram: lançamento de efluentes sem tratamento direto no solo e descumprimento de condicionantes do licenciamento ambiental.

“A licença ambiental é composta de várias condicionantes. O que percebemos é que os empresários tiram a licença e a engavetam, não se preocupam em cumprir as condicionantes. O próprio lançamento de efluentes sem tratamento direto no solo é um descumprimento de condicionante ”, explica o fiscal Rômulo Pitangui Abdala, planejador da ação.

Ele destaca outras irregularidades encontradas, com relação às condicionantes: o descumprimento dos planos de controle ambiental, queima de lixo a céu aberto, origem da lenha utilizada na caldeira e comprovantes de destinação errada de resíduos do abate.

Os fiscais deram um prazo de 30 dias para as regularizações. Eles ressaltam que, após este prazo, será feita nova fiscalização nos empreendimentos autuados para verificação in loco das correções das práticas irregulares. E lembram que a continuação no erro pode gerar interdição de estabelecimentos.

A primeira fase da Operação Abatedouros foi desenvolvida nas regiões administrativas do Gama, Ceilândia e Planaltina, onde estão concentrados os abatedouros de animais de médio e grande porte (suíno e bovino). No final de outubro deve ser realizada a segunda fase da operação, que fiscalizará os abatedouros de aves.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543