Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/05/21 às 9h52 - Atualizado em 14/05/21 às 10h23

Parques do DF recebem pontos para coleta de resíduos

Por meio da Agenda Ambiental A3P, o Instituto Brasília Ambiental está instalando pontos de entrega voluntária (PEVs) de resíduos eletrônicos nos parques sob sua administração. A iniciativa é fruto de parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Programando o Futuro, com a meta de incentivar o descarte correto de resíduos que possuem substâncias tóxicas capazes de contaminar solo e água.

 

Nesta primeira etapa, seis parques vão receber os pontos de coleta. As primeiras unidades contempladas foram os parques ecológicos Três Meninas (Samambaia), em 29 de abril; Areal e Veredinha (ambos em Brazlândia), nos dias 5 e 6 deste mês. As próximas unidades a receberem os PEVs são os parques Jequitibás (Sobradinho), Paranoá e Sucupira (Planaltina).

 

Os coletores medem 1,58 metros de altura por 1,12 metros de largura, são confeccionados em estrutura de ferro e resguardam em seu interior um porta-bag que recebe o material e é de fácil manuseio. Neles podem ser deixados todo tipo de resíduos eletrônicos, como pilhas, carregadores, celulares, baterias, computadores, tablets, estabilizadores, fax, impressoras, HDs, televisores e aparelhos de micro-ondas, entre outros.

 

Gestão inteligente

O coordenador da A3P do Brasília Ambiental, Webert Oliveira, explica que a ação se inicia com a adesão ao projeto Reciclotech, da Secti, que visa potencializar a gestão inteligente de resíduos eletrônicos, executando, entre outras ações, a criação e a implantação das caixas de coleta, a logística de recolhimento e a correta destinação desses resíduos.

 

Segundo ele, após a primeira fase de instalações, a iniciativa deve ser ampliada para os demais parques que já têm sede administrativa. “Pretendemos estabelecer outras parcerias ao longo deste ano para o recolhimento dos demais produtos da logística reversa e também da coleta seletiva”, informa. “Essas ações estão previstas nas metas da Agenda Ambiental da A3P, nos ODS [Objetivos do Desenvolvimento Sustentável], nas Metas do Milênio e na Agenda 20/30”.

 

A gerente do Reciclotech, Valéria de Oliveira, ressalta a importância da parceria com o Brasília Ambiental, pois os parques e unidades de conservação (UCs) administrados pelo órgão são locais de grande circulação de pessoas consideradas integrantes de um público já com consciência ambiental. “Os equipamentos eletrônicos possuem potencial altamente poluente, e é fundamental que tenham a destinação correta”, enfatiza.

 

Valéria também lembra que o que é considerado lixo para alguns pode ser matéria-prima para geração de emprego e renda para outros. “Dentro desse entendimento, o Reciclotech retira corretamente o lixo eletrônico, recondiciona o que é possível e faz o descarte correto, junto aos recicladores credenciados, do lixo que não é possível recondicionar”, esclarece. O projeto existe desde o ano passado e tem como meta instalar 120 PEVs em todo o Distrito Federal.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543