Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/12/13 às 21h23 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Parque Vivencial do Gama já é uma realidade para população local

DSCF3034

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, assinou no último sábado (14) a autorização para a abertura da licitação para as obras de construção do Parque Vivencial do Gama, acompanhado do secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Eduardo Brandão, e do presidente do Instituto Brasília Ambiental, Nilton Reis, além de outras autoridades do GDF. Trata-se de um investimento de aproximadamente R$3,9 milhões em benefícios para a população do Gama, como playground, quadras poliesportivas, pistas de cooper e ciclovia, espaços de convivência, entre outros aparatos de infraestrutura.

“O Parque Urbano Vivencial é um sonho antigo dos moradores do Gama. É de grande importância preservar e franquear áreas como essa do parque, para que a população possa ter mais qualidade de vida”, destacou o governador.

Para Eduardo Brandão, secretário de Meio Ambiente e idealizador do Programa Brasília, Cidade Parque, tanto o Parque Vivencial como o Parque da Prainha do Gama estão nas prioridades de atendimento do Programa. “Demorou um pouco, mas chegou o momento do Vivencial do Gama. E o Prainha já está em análise na Procuradoria Geral do Distrito Federal”, destacou Brandão. Ainda sobre o Brasília, Cidade Parque, o Secretário afirma que a compensação ambiental está possibilitando retirar os parques do papel e transformá-los em realidade. “Temos 32 parques em processo de revitalização no DF e a compensação é definitiva para que possamos realizar esse objetivo”, afirma.

O recurso será liberado pelo Fundo de Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal (Fundurb), que é administrado pela Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal (Sedhab), advindo da compensação ambiental pela construção do Paranoá Parque, um dos maiores empreendimentos do Programa Habitacional Minha casa, Minha Vida / Morar Bem.

   

PROGRAMA – O programa Brasília, Cidade Parque é de responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e do Instituto Brasília Ambiental (Ibram). Ao todo serão 32 parques entregues a população do DF até o final de 2014.

Segundo o presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Nilton Reis, mais de 80% dos recursos dessas obras são advindos das compensações ambientais e florestais. “Quando uma empresa constrói um empreendimento, os impactos ambientais são compensados. No caso da compensação florestal, para cada árvore nativa do cerrado retirada, 30 outras têm que ser plantadas; para cada árvore que não é do cerrado, dez são plantadas”, explicou o responsável pelo Ibram.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543