Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Parque Educador

O Parque Educador é um projeto que foi pensado e idealizado para atender 3 importantes demandas:

– Fortalecer a Educação Ambiental no Distrito Federal. Apesar da Educação Ambiental não ser uma disciplina específica no ensino formal, devendo estar presente de forma transversal em todo o currículo, é interessante quando suas reflexões são realizadas em espaços mais qualificados em contato direto com a natureza;

– Ampliar o espaço educativo das escolas públicas, principalmente daquelas de ensino integral. Infelizmente a estrutura física da maior parte das escolas ainda é excessivamente pavimentada, fechada e pouco acolhedora e quando os estudantes ficam dois turnos na escola, essa situação pode ficar ainda mais desgastante;

– Aumentar a integração dos parques com a comunidade, sensibilizando-a quanto a sua importância e fortalecendo o sentimento de pertencimento. Porém, para alcançar esses objetivos, é importante que os parques disponham de atividades planejadas e bem orientadas voltadas para o conhecimento e a preservação dos atributos naturais desses espaços. Infelizmente, o IBRAM, órgão responsável pelas Unidades de Conservação, dispõe de poucos educadores ambientais para realizarem tais atendimentos, tendo em vista outras demandas internas.

 

Assim, foi pensada como parte da solução dessa equação a transformação dos parques em espaços educativos e a requisição de professores da rede pública de ensino para atuarem nessas unidades fazendo o receptivo dos estudantes. O Projeto Parque Educador, desta forma, é fruto de uma parceria entre o Brasília Ambiental, a Secretaria de Educação (SEEDF) e a Secretaria de Meio Ambiente (SEMA).

 

Nessa parceria, o Brasília Ambiental disponibiliza os Parques com toda a sua infraestrutura adequada para a realização das atividades e o transporte e a Secretaria de Educação apoia com os professores e o lanche.

 

O Projeto Parque Educador se baseia ainda em três importantes diretrizes:

– A visita dos estudantes aos Parques não se reduz a um mero passeio, mas são verdadeiras aulas, previamente planejadas, ao ar livre.

– As aulas devem ser diferenciadas adotando diferentes metodologias tais como trilhas, oficinas, vivências, dinâmicas, aproveitando ao máximo o que os parques possam oferecer.

– Os encontros com os estudantes não devem ser pontuais. Acreditamos que quanto mais tempo eles passarem no parque, participando de diferentes experiências, mais se sentirão integrados e sensibilizados quanto à necessidade de sua preservação.

 

Atualmente, o Projeto Educador está presente nos seguintes Parques: Parque Ecológico de Águas Claras, Parque Ecológico Saburo Onoyama, Parque Ecológico Três Meninas, Parque Ecológico Dom Bosco, Parque Ecológico do Riacho Fundo e Estação Ecológica de Águas Emendadas.

 

Dois professores em cada uma dessas unidades são responsáveis por planejar as atividades e receber as escolas que passam por um processo de inscrição e seleção a cada semestre. As escolas optam em participar de dois ciclos distintos: um de 10 encontros e outro de 4 encontros no parque, de acordo com a sua disponibilidade. Os atendimentos são realizados nas terças, quartas e quintas, nos turnos matutino e vespertino.

 

Para mais informações, enviar e-mail para educ.ibram@gmail.com

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543