Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/03/18 às 18h28 - Atualizado em 17/12/18 às 11h25

Parque Cultural estréia com sucesso no “Asa Delta”


Foi um sucesso o concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, neste domingo, no Parque Vivencial do Anfiteatro Natural do Lago Sul (Parque Asa Delta), evento que integrou o calendário do 8º Mundial da Água e inaugurou o programa Parque Cultural, um circuito de exibições da OSTNCS nos parques ecológicos administrados pelo Ibram, que se estenderá por todo o ano. O governador Rodrigo Rollemberg e vários secretários de Estado, além de dirigentes de órgãos públicos, como os presidentes da Adasa, Paulo Salles, e do IBRAM, Aldo Fernandes, prestigiaram a festa, assistida por mais mil pessoas, em uma agradável noite à beira do Lago Paranoá.

 

 

Orquestra no parque 1
 Orquestra homenageou as águas do Paranoá e anunciou o programa Parque Cultural, que se estenderá por todo o DF

 

Os próximos eventos estão sendo programados para os parques de Águas Claras, Ezechias Hering (Guará), São Sebastião, Três Meninas (Samambaia), Jequitibás (Sobradinho) e Dom Bosco (Lago Sul). O projeto é uma parceria entre a Secretaria do Meio Ambiente, o Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) e Secretaria de Cultura e conta com o apoio também da Novacap e da organização internacional WWF. Ao som de boa música, os freqüentadores do parque também foram recebidos pelo IBRAM com a distribuição gratuita de mudas de flores cultivadas pela Novacap, outra ação de atraiu centenas de pessoas.

 

Entrega de mudas
Frequentadores receberam gratuitamente mudas de flores


O próprio regente Cláudio Cohen maestro titular da OSTNCS, anunciou o lançamento do programa Parque Cultural, antes de conduzir as obras selecionadas sob o tema Água, como O Rio Moldávia, de Smetana; Danúbio Azul, de Strauss; La Mer, de Debussy; As Oceânides, de Sibelius; e a Sinfonia nº 6 – Cena à Beira de um Riacho, de Beethoven, além do clássico popular brasileiro Planeta Água, de Guilherme Arantes. Além dos clássicos universais, o público também saboreou as apresentações do grupo temático Muntchako, com ritmo e danças de homenagem à água, e o show Ominda, de Andre Abujamra.

 

SOM NA MEDIDA – O clima de alegria contagiou a Orla do Lago e técnicos do IBRAM ficaram atentos ao promover medições sonoras em todo o perímetro do espetáculo, para assegurar o conforto sonoro aos moradores da área. Em nenhum momento foram ultrapassados os limites permitidos, segundo assegura a coordenadora de Auditoria e Fiscalização de Atividades Licenciáveis e Poluição Ambiental, Suzzie Valadares, que atuou durante todo o evento.

 

O governador Rodrigo Rollemberg chegou cedo para o concerto no Parque Vivencial do Anfiteatro Natural do Lago Sul e aproveitou, acompanhado pelo secretário de Meio Ambiente, Igor Tokarski, e do presidente do IBRAM, Aldo Fernandes, para um passeio e visitar a Orla do Lago desobstruída e a construção do píer do vizinho Parque da Península Sul, em fase de conclusão.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543