Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/02/21 às 18h59 - Atualizado em 17/02/21 às 9h09

Parque Bernardo Sayão recebe visita com foco em infraestrutura

 

O presidente do Instituto Brasília Ambiental, Cláudio Trinchão, e o deputado distrital Robério Negreiros realizaram visita técnica, nesta segunda-feira (8), ao Parque Distrital Bernardo Sayão (Lago Sul). Com o objetivo de entender as demandas da Unidade de Conservação (UC), equipes do órgão e do parlamentar estiveram no local para definir prioridades na urbanização e construção de benfeitorias para agregar maior conforto e comodidade aos visitantes.

 

Para Cláudio Trinchão, as ações de preservação da biodiversidade local também são prioridades nas propostas da autarquia. “O Brasília Ambiental já está trabalhando ativamente para viabilização de projetos de infraestrutura na Unidade de Conservação, que devem beneficiar a população e respeitar a sensibilidade ambiental da área”, ressalta o presidente do Instituto. “Iniciativas como a do deputado Robério Negreiros são excelentes, pois possibilitam maior segurança”, completa.

 

Durante a visita, o deputado distrital Robério Negreiros garantiu a destinação de R$ 1,5 milhão em emendas parlamentares para a construção do cercamento em alambrado especial para a localidade, dentre outras melhorias. “O parque, além de ser um ecossistema rico, cravado no coração do Cerrado, é um local que possibilita a prática de esporte e lazer ao ar livre, bem como o convívio social, que merece nossa atenção”, aponta.

 

A superintendente de Unidades de Conservação, Biodiversidade e Água (SUCON) do Instituto, Rejane Pieratti, entende que as emendas destinadas por parlamentares são sempre muito importantes para as UC’s. “Os recursos proporcionam ações que beneficiam a população e, principalmente, garantem a conservação ambiental ao conciliar os espaços que podem ser utilizados com as áreas que devem ser preservadas para manter a biodiversidade”.

 

Sensibilidade ambiental – O Parque Distrital Bernardo Sayão é um grande fragmento de Cerrado inserido na matriz urbana, localizado no Lago Sul, atrás das Quadras Internas (QI) 27 e 29. Os estudos do plano de manejo da unidade apresentaram uma diversidade singular e considerável sensibilidade ambiental para a área que preserva importantes remanescentes de formações savânicas e campestres, além de conter as nascentes do córrego Rasgado, abarcando um pequeno trecho de mata de galeria.

*Com informações Brasília Ambiental/CLDF

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543