Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/03/13 às 14h26 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Na Mídia – Brasília participa da Hora do Planeta

As luzes dos principais monumentos da capital federa ficaram apagadas por uma hora na noite de ontem (23), para chamar a atenção sobre a necessidade de reduzir o aquecimento global

(Matéria publicada na Agência Brasília, em 24/03/2013)

 

Brasília participou na noite de ontem (24) da Hora do Planeta, ato simbólico promovido pela Rede WWF em todo o mundo. As luzes dos principais monumentos da capital federal, como a Ponte JK, a Biblioteca e o Museu Nacional, Catedral, palácios do Buriti e do Planalto e Congresso Nacional, ficaram apagadas por uma hora – das 20.30 às 21.30 – para chamar a atenção sobre a necessidade de reduzir o aquecimento global. Neste ano, Brasília foi a cidade âncora do evento, aberto pelo grupo de percussão Patubatê, que fabrica seus instrumentos com materiais recicláveis.   

 

O governador Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, lembrou que o DF compartilha das propostas que atendem ao desenvolvimento sustentável e à proteção ao meio ambiente e recursos hídricos. “Apoiamos projetos como a Hora do Planeta, tanto que as ações do GDF já têm essa visão. Programas como Brasília, Cidade Parque e a licitação para um novo transporte público, que será 180 vezes menos poluente que o atual, são exemplos disso”, afirmou o governador.  

 

Além disso, o DF é a única unidade da Federação que aderiu ao Pacto Nacional de Gestão das Águas, promovido pelo Ministério do Meio Ambiente e a Agência Nacional de Águas (ANA). Para chamar a atenção da sociedade às questões que envolvem o uso e a preservação do recurso natural, os principais cartões-postais de Brasília estão iluminados de azul desde a última sexta-feira (22), em comemoração ao Dia da Água. Os monumentos continuarão assim até o próximo domingo (31).  

 

Também participaram do ato, que teve adesão de 113 cidades brasileiras, o secretário de Meio Ambiente do DF, Eduardo Brandão, o superintendente de Conservação do WWF-Brasil, Mauro Armelin, e o diretor do Banco do Brasil, Wagner Siqueira.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543