Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/05/14 às 13h03 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Itapoã receberá Parque Ecológico

O Governo do Distrito Federal publicou nesta sexta-feira, 09, no DODF, edital de convocação para Consulta Pública visando à criação do Parque Ecológico Sementes do Itapoã. A Consulta é um rito necessário para a criação de uma unidade de conservação, de acordo com normativa do Sistema Nacional de Unidade de Conservação (SNUC).

Após a audiência, considerando as colaborações apresentadas pela sociedade, será elaborado Decreto de criação da unidade, para posterior assinatura pelo Governador Agnelo Queiroz. A criação do parque ecológico Sementes do Itapoã é uma resposta ao anseio da comunidade, que reivindicava a construção de um espaço de preservação ambiental e convivência coletiva. O GDF tomou as medidas administrativas e técnicas cabíveis e o resultado está começando a se concretizar.

O futuro Parque

A nova unidade de conservação, localizada na Administração Regional de Itapoã, terá poligonal definida em 9,3 hectares. A área possui vegetação nativa, nascentes e córregos, necessitando de intervenção urgente dos órgãos competentes no intuito de evitar maiores danos ambientais e de preservar as espécies de fauna e flora da região.

Sobre a iniciativa

Em 21 de agosto de 2012 foi protocolada no Ibram carta de autoria dos alunos do Grupo de Elite do CEF Dra. Zilda Arns, localizado no Itapoã. Na correspondência, o grupo solicitava a criação de um parque ecológico numa área de preservação ambiental situada próximo à escola. No documento, os estudantes relatavam a importância do parque para o aprendizado vivencial, possibilitando a integração entre a teoria da sala de aula e o dia-a-dia. Mencionavam, ainda, que a área estava se transformando em depósito de lixo e local de invasão, colaborando para a degradação e contaminação do solo e de parte do aqüífero Guarani.  Além disso, estava sendo realizada pesquisa de campo sobre a degradação da área e sobre as riquezas de fauna e flora que estavam sujeitas à ação degradante.

Preocupados com a situação e atuando na busca de solução coletiva para a degradação daquele espaço ambiental, os alunos propuseram, então, a criação de um parque como alternativa de preservação ambiental. Pois, nas palavras deles, “somos jovens e queremos evitar que toda essa riqueza natural que possuímos seja extinta, para que juntamente com as novas gerações futuras possamos desfrutá-la”, concluíram.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543