Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/06/16 às 20h21 - Atualizado em 17/12/18 às 11h25

Implantação de parque em Ceilândia avança

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) participaram ontem (5) da entrega oficial do projeto de estruturação do Parque do Setor ‘O’, em Ceilândia, durante evento em celebração ao Dia do Meio Ambiente, comemorado nesse domingo.

A apresentação do documento à comunidade ocorreu na Praça da Fé, no P Sul, e contou com a presença da presidente do Ibram, Jane Vilas Bôas, do secretário do Meio Ambiente, André Lima, do administrador de Ceilândia, Vilson José de Oliveira, dos superintendentes do Ibram Luiz Rios e Tânia Brito, do gerente de Projetos e Programas Sustentáveis, Giancarlo Gregorio, além de deputados distritais, líderes comunitários e ambientalistas.


Ao passar para as mãos do administrador da cidade o projeto do parque, a presidente do Ibram afirmou que o momento era de comemoração, mas que uma nova etapa estava se iniciando. “O projeto é um grande passo, mas agora precisamos tirá-lo do papel e entregá-lo para a comunidade. Tenho certeza que todos os envolvidos estão comprometidos com esse objetivo”, disse.


O secretário do Meio Ambiente lembrou que o ato desse domingo era um compromisso que a SEMA e o Ibram haviam selado com a população de Ceilândia. “Estamos mostrando que, quando há vontade por parte das autoridades e diálogo com a comunidade, os projetos podem sim ser realizados e a vida das pessoas é transformada positivamente”, avaliou.


Integrante do movimento Rede Social de Ceilândia, Maria Suely Ribeiro aprovou o projeto e disse estar esperançosa de que o parque será implementado. “Estamos lutando há anos para que esse espaço seja finalmente disponibilizado para a população. O trabalho continua, mas hoje foi sem dúvida uma vitória e somos gratos ao Ibram e a SEMA”, concluiu.


Após o evento, todos se deslocaram para a Área de Relevante Interesse Ecológico Juscelino Kubistchek (ARIE JK), onde foi realizado um ‘rolezinho’ ecológico.


Próximo passo
Com o projeto concluído, agora a Administração Regional de Ceilândia deve realizar os atos administrativos para se responsabilizar pela execução da obra, que será financiada por meio de compensação florestal e verba de emendas propostas por três deputados distritais: Chico Leite (REDE), Reginaldo Veras (PDT) e Luzia de Paula (PSB).


Educação ambiental
Durante o evento desse domingo, uma cena chamou a atenção dos participantes (veja o vídeo abaixo). Ao chegarem a uma cachoeira, uma grande quantidade de lixo foi encontrada às margens. O coordenador de Educação Ambiental e Difusão de Tecnologia do Ibram, Luiz Gatto, explica que esse acúmulo de lixo é gerado por algo conhecido como ‘carreamento’.


“As águas das chuvas arrastam o lixo mal descartado nos centros urbanos e o leva para os rios e córregos próximos. Estamos trabalhando para reduzir esse impacto na ARIE JK com projetos de educação ambiental nos parques administrados pelo Ibram na região [Três Meninas e Saburo Onoyama]. Ao longo das últimas décadas não houve a atenção devida, e estamos buscando mudar essa realidade”, afirmou.


O jovem guia Edilson Lima (ou simplesmente Ed, como é conhecido), líder do movimento ‘Ceilândia + Verde’, foi o responsável por conduzir o passeio e comentou sobre a situação do local. “A gente busca conscientizar a população, mas é um trabalho muito difícil. Confesso que, desde que me envolvi com a causa, nunca tinha visto secretário ou presidente do Ibram por aqui. No máximo eles enviavam um técnico. Achei a presença deles e dos deputados muito importante e torço para que a parceria se fortaleça”, finalizou.


Ainda segundo Gatto, a população pode ajudar a conter essa degradação ambiental seguindo simples recomendações:


– Não jogar lixo na rua;
– Acondicionar bem o lixo e colocá-lo longe do chão para evitar animais;
– Colocar o lixo para fora de casa somente no dia da coleta.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543