Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/01/17 às 16h07 - Atualizado em 17/12/18 às 11h25

IBRAM realiza curso de formação para jovens aprendizes

A Coordenação de Educação Ambiental (CODEA) do Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) realizou, na última semana, um curso de boas-vindas voltado para os participantes do Programa Brasília Mais Jovem Candango lotados no IBRAM. Com o objetivo de apresentar o trabalho do Instituto e mostrar a importância do meio ambiente e sua preservação, a capacitação teve carga horária de 20h e passou por locais como a Biblioteca do Cerrado, a Estação Ecológica de Águas Emendadas e o Parque Ecológico Águas Claras.

A programação contou com palestras, trilhas ecológicas e contação de histórias com  temas sobre meio ambiente. “Gostei bastante da trilha que fizemos, pois foi uma oportunidade de conhecer na prática tudo que aprendemos ao longo da semana”, disse Larrisa Celestino, 17 anos, lotada na Coordenação de Estudos, Programas e Monitoramento da Qualidade Ambiental (CODEM).


Larissa Celestino 1                                                                                Larrisa Celestino  

Os jovens participantes do programa exercem suas atividades nas dependências dos órgãos públicos indicados pelo Governo de Brasília e o contrato tem duração de 1 ano e 4 meses. No IBRAM eles são 36 e as idades variam de 14 a 18. “Por trabalhem na área administrativa não é possível eles saberem as atribuições de cada setor dentro do Instituto. Por isso surgiu a idéia de ensiná-los por meio do curso. Gostamos bastante do resultado e eles também”, disse a servidora Aline Barreto, da CODEA.

Para Gustavo da Silva, 14 anos, lotado na Secretaria-Geral, o curso acrescentou muito no aprendizado de todos. “A iniciativa foi muito válida. Saímos do cotidiano de dentro do IBRAM para conhecer mais sobre o que ele faz, foi muito bom. Agora sei o que é uma Unidade de Conservação, conheci mais sobre o bioma Cerrado e aprendi como identificar as árvores”, comentou.


Gustavo Luiz da Silva                                                                                Gustavo da Silva

Alguns estudantes aproveitaram a oportunidade para conhecer mais a área que eles tanto admiram e pensam em seguir como profissão. “Eu gosto de meio ambiente e tudo que aprendi aqui foi muito importante para meu futuro”, relatou Rickelme de Souza, 15 anos, lotado na Superintendência de Fiscalização (SUFAM). Já Natalia Lorrane Ferreira, 17 anos, lotada na Coordenação de Fauna (COFAU), adorou tudo que aprendeu e viu o curso como uma grande oportunidade. “Quero ser médica veterinária e para mim esse curso foi a chance de conhecer ainda mais sobre assuntos relacionados à profissão”, disse.


Natália Lorrane da Rocha Ferreira

Rickelme de Souza Moraes          Natalia Lorrane                                                                        Rickelme de Souza

 

Jovem Candango
O Programa Brasília Mais Jovem Candango visa promover a formação técnico-profissional do aprendiz, por meio de atividades organizadas e compatíveis com seu desenvolvimento físico, moral e psicológico. Isso garante a promoção da integração dos jovens ao mercado do trabalho, que segue a metodologia de um programa de aprendizagem, em conformidade com as leis de trabalho.

O público atendido engloba a população em situação de vulnerabilidade social que deverá frequentar a escola e permanecer no ensino formal durante o tempo de permanência no Programa, salvo em caso de conclusão do ensino médio. Esta limitação de idade, no entanto, não se aplica aos aprendizes com deficiência. 

Com a permanência na escola, capacitação, geração de renda e fortalecimento de vínculos, possibilitados pelo Programa, é possível combater as principais causas da vulnerabilidade social.

 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543