Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/10/16 às 14h57 - Atualizado em 17/12/18 às 11h25

IBRAM aprimora Programa de Pós-Graduação para servidores

Buscando estabelecer critérios transparentes para o afastamento de servidores por meio do Programa de Pós-Graduação do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), a presidente do órgão, Jane Vilas Bôas, assinou no começo deste semestre a Instrução Normativa nº 204, que regulamenta a questão.

Fruto de um trabalho integrado entre todos os setores do Instituto, por meio de uma comissão criada com este propósito, a Instrução Normativa foi concebida para tornar o processo mais isonômico e transparente, beneficiando os candidatos e a sociedade, que recebe melhores serviços com a capacitação dos servidores públicos.

Agora, essa iniciativa começa a mostrar resultados com a divulgação, nesta quarta-feira (26), da lista com os primeiros selecionados após a implantação das mudanças. “A capacitação dos servidores não pode ficar condicionada aos humores de quem senta na cadeira de presidente. Temos um corpo altamente qualificado e é justo que os candidatos saibam como é feita a seleção para ingressar no programa”, afirma Vilas Bôas.

Alta escolaridade
Segundo dados da Diretoria de Gestão de Pessoas (DIGEP), o Ibram conta com aproximadamente 50% dos servidores com algum tipo de especialização (pós-graduação, mestrado, doutorado etc.). Entre esse grupo está a analista de atividades do meio ambiente Tatiane Eugênia Rezende Correia. Com o título ‘Identificação de Canal Natural de Escoamento Superficial por Análise Morfométrica na Unidade Hidrográfica do Pipiripau – DF’, ela concluiu em junho deste ano o mestrado pela Universidade de Brasília (UnB).

Já o também analista de atividades do meio ambiente Rodrigo Santos está em fase de conclusão do doutorado na UnB. Seu estudo, intitulado ‘Dinâmica de Atropelamento de Fauna Silvestre no Entorno de Unidades de Conservação’, deve ser apresentado já no começo do próximo ano. “Acredito que este trabalho dará subsídios para que tenhamos a real dimensão deste problema, o que irá nos ajudar a melhorar nossas ações preventivas”, projeta Santos.

Integrante da primeira seleção após a publicação da Instrução Normativa, a servidora Lorene Raquel de Souza está empolgada para iniciar o mestrado no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). A analista irá pesquisar sobre a ‘Gestão de Unidades Distritais de Conservação de Uso Sustentável’ sob a ótica do Direito, área em que atua no Ibram. Ela não poupa elogios para os novos critérios. “Achei todo o trabalho muito bem conduzido e participativo, desde a criação da comissão que criou a Instrução Normativa até a entrega dos documentos para a seleção. Nós pudemos dar sugestões, tirar dúvidas e o resultado foi muito positivo”, avalia.

No primeiro processo seletivo após a IN oito servidores foram contemplados.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543