Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/07/18 às 19h45 - Atualizado em 5/11/18 às 10h21

HVEP instala Raios-X e laboratório de análises

 

 

 

Com alta tecnologia, as imagens de alta resolução permitem diagnósticos precisos. Os exames laboratoriais saem em menos de três minutos

 

Entrou hoje, 4, em fase de testes o primeiro equipamento de Raios-X do Hospital Veterinário Público do DF, no Parque do Cortado, em Taguatinga. A perspectiva dos técnicos é de que em mais uma semana o aparelho entre em pleno funcionamento, juntamente com o laboratório de exames para cães e gatos atendidos no local. Com pouco mais de dois meses de inaugurado, o HVEP, o primeiro hospital público para o atendimento de animais implantado no Brasil, fora do Estado de São Paulo, ainda esta semana alcançará a casa dos cinco mil atendimentos realizados.

Os equipamentos são todos de última geração, segundo Wilson Grassi, diretor da Anclivepa que supervisiona a instalação dos equipamentos. O Raios-X, por exemplo, utiliza um sistema de digitalização de imagens de alta resolução, o mesmo equipamento utilizado nos mais modernos hospitais humanos. O laboratório, por sua vez, também usa avançada tecnologia para agilizar exames hematológicos (hemograma) e bioquímicos (função renal, função hepática, etc.) e é capaz de apresentar resultados em menos de 3 minutos.

O HVEP foi entregue à população no dia 5 de abril deste ano. A entrada em funcionamento foi possível graças a uma parceria do Ibram com a Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais, Anclivepa. Sediada em São Paulo, ela foi a organização social que melhor pontuou no Chamamento Público nacional feito Instituto.  Com larga experiência nessa atividade, a instituição já administra com sucesso quatro hospitais públicos veterinários no Estado de São Paulo, há mais de dez anos.

O prédio do HVEP tem 540 metros quadrados e foi construído com recursos de compensação ambiental, e fica em Taguatinga Norte, à altura da QNF 14/16, dentro de uma área do Parque do Cortado, administrado pelo Ibram.  Lá são oferecidos serviços gratuitos de consultas, cirurgias, medicações, internação, ambulatório e, agora, os exames de Raios-X para os cães e gatos, prioritariamente pertencentes a famílias de menor renda ou inscritas em programas sociais do Governo do Distrito Federal. Os médicos veterinários são especialidades em várias áreas, como ortopedia, oncologia, dermatologia e oftalmologia.

Além do atendimento cirúrgico e clínico, os profissionais também vão orientar a população sobre boas práticas, normas e higiene, contribuindo assim para a promoção da guarda responsável de seus animais.   Outros animais atendidos são os que estão sob a guarda do Centro de Controle de Zoonoses e em abrigos instalados na cidade. Denúncias de animais domésticos maltratados, demanda muito frequente junto ao Ibram e às polícias militar e civil do DF, serão também melhor atendidas, pois o HVEP poderá oferecer assistência médica a essas vítimas. Aliás, o novo hospital elimina também um vazio jurídico, pois no Distrito Federal a lei nº 4.060/2007, art. 3º, inciso V, considera maus-tratos deixar de prestar assistência veterinária a animal doente, ferido, extenuado ou mutilado. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h. Cinquenta senhas são distribuídas gratuitamente e os donos de animais precisam se cadastrar, levando carteira de identidade e comprovante de residência.

 

 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543