Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/04/14 às 21h14 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

GDF lança projeto “Expedição Quatro Cantos” no Parque da Ermida Dom Bosco

Nem o sol escaldante do sábado (26) atrapalhou os atletas, ciclistas, jipeiros, cavaleiros, amazonas, alunos e todas as famílias que prestigiaram o lançamento do projeto inovador do GDF. O parque Ermida Dom Bosco foi o palco do evento. 

A ideia é simples, mas inovadora. Trata-se dos quatro cantos do quadrilátero do DF. Cada um deles será uma rota, sempre tendo como marco zero o parque Ermida Dom Bosco. Nelas, haverá revitalização, desenvolvimento sustentável das propriedades rurais além de apoio ao turismo rural, ao longo do caminho. Também haverá restaurantes, pontos de apoio, sinalização, além, é claro, de incentivos fiscais à recuperação de nascentes e do meio ambiente. Será uma rota turística que poderá ser feita por qualquer brasiliense ou turista. Na verdade, os caminhos já são rotas turísticas, mas, até então, pouco divulgadas e sem infraestrutura.

Neste sábado foi inaugurada a primeira rota, que liga o centro histórico de Planaltina ao parque. O governador e alguns dos secretários fizeram parte da rota, em bicicletas. As outras três serão lançadas em breve.  

Envolvendo turismo, história, educação ambiental, esporte, cultura e incentivo a pesquisas, o projeto Expedição 4 Cantos, envolve a Secretaria do Meio Ambiente e o Ibram com especial atenção,  já que a recuperação de nosso “verde” e a educação ambiental são focos do projeto. De autoria da Secretaria de Assuntos Estratégicos, o “Expedição Quatro Cantos” também fazem parte outros órgãos do governo.

Paulo Lima, secretário de Meio Ambiente, compartilhou a opinião da secretária de Assuntos Estratégicos, Joacinara Jansen. “A iniciativa vai gerar além do desenvolvimento cultural, emprego e renda aos empreendimentos rurais”. Já Nilton Reis, presidente do Ibram, ressaltou a importância do projeto na recuperação do meio ambiente e no resgate cultural que o projeto irá proporcionar.

“Esta iniciativa vai gerar emprego e renda aos empreendimentos rurais, como pesque-pague, restaurantes e pousadas. Esses locais terão incentivos fiscais e tributários. Todos os pontos históricos dessas rotas serão recuperados, o que representará o resgate histórico e cultural para o DF”, declarou Agnelo. Ele ainda afirmou que os brasilienses vivem em uma região de enorme riqueza ambiental, e o 4 Cantos visa à formação de uma geração sustentável.

Para selar o apoio, Paulo Lima e Nilton Reis, secretário de Meio Ambiente e presidente do Ibram, assinaram um protocolo de intenções firmando o envolvimento dos órgãos no novo projeto.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543