Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/09/13 às 15h29 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

GDF dará continuidade às obras de contenção de erosão do Parque Olhos D’Água

O Ministério Público do DF e Territórios e o Instituto Brasília Ambiental assinaram nesta segunda-feira (16) um Termo de Ajuste de Conduta (nº 6) que reconhece que as obras de contenção de erosão que estavam sendo feitas no Parque Olhos D’Água pelo Instituto são necessárias para a resolução emergencial dos problemas de erosão.

O secretário de Meio Ambiente, Eduardo Brandão explicou que as obras iniciadas em julho no parque foram autorizadas e estavam sendo feitas com a anuência dos órgãos ambientais. “Desde o início começamos com a obra e sabíamos que ela não seria a solução para o problema das águas pluviais da Asa Norte. Esta intervenção é de competência da Novacap e está sob responsabilidade da Secretaria de Obras, dentro do Projeto Águas do DF. A nossa obra é uma intervenção paliativa e visa minimizar os danos ambientais decorrentes do aumento do volume de água pluvial, que tende a aumentar com as chuvas, e agravar as erosões da área causando riscos de segurança para os moradores daquele local”, explicou o secretário.

Recentemente o parque foi ampliado de 21,7 hectares para quase 30, por um decreto do governador Agnelo. Para a área acrescida estava prevista a construção de um shopping. “Isto foi um presente para a área ambiental. Os moradores da área já reivindicavam a ampliação do parque há anos e em governos anteriores não tinham êxito. O governador Agnelo, empenhado pela causa ambiental, prontamente reconheceu a necessidade e hoje o parque ganhou mais 1/3 da área atual”, disse Eduardo.

As obras serão retomadas na próxima semana logo após uma pequena adequação no projeto. A conclusão está prevista para meados de novembro, antes do início das chuvas em Brasília. O investimento no parque está sendo feito por meio de compensação ambiental do projeto Brasília, Cidade Parque, que tem como objetivo principal a revitalização e implantação de todos os 72 parques do DF.

Para a nova área estão previstas pista de cooper e outros locais de convivência e até uma ligação subterrânea entre o local do parque atual e o novo.

Brasília, Cidade Parque

O Brasília, Cidade Parque já entregou oito parques para a comunidade de Brasília desde junho de 2011, quando foi lançado (Asa Sul, Olhos D’Água, Bosque do Sudoeste, Águas Claras, Jequitibás (Sobradinho), Jardim Botânico, Três Meninas(inauguração neste sábado (21)), Guará). Até julho de 2014, serão 30 parques entregues para os brasilienses. Até o fim deste ano, está previsto a entrega de mais seis parques (Saburo Onoyama e Cortado (Taguatinga), Areal, Estrutural, Prainha do Gama e Dom Bosco (Lago Sul).

Os recursos, em sua maioria, são provenientes do pagamento das compensações ambientais e florestais pelos empreendedores. Com o projeto, a meta é dar mais qualidade de vida e saúde às comunidades vizinhas aos parques, que passarão a ocupar o espaço para atividades físicas, lúdicas e pedagógicas.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543