Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/03/20 às 8h23 - Atualizado em 20/03/20 às 13h15

Força-tarefa vai entregar o Parque Ecológico do Tororó à comunidade

Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal montou uma força-tarefa para revitalizar, estruturar e finalizar o Parque Ecológico do Tororó. O equipamento público está sendo implantado e, nesta segunda-feira (9), o dia foi de muito trabalho no local. Máquinas e servidores do programa GDF Presente fizeram serviços de roçagem, nivelamento de pista, retirada de entulho e limpeza nos arredores do parque.

 

O parque está sendo implantado pelo Brasília Ambiental e será gerido em parceria com a administração do Jardim Botânico e a comunidade. Após a conclusão do plano de manejo – documento que estabelece fundamentos, objetivos e zoneamento de uma unidade de conservação – o local poderá receber equipamentos públicos que ainda não dispõe, como parques infantis, quiosques e Ponto de Encontro Comunitário (PEC).

 

Atualmente, o Parque do Tororó possui uma pista de caminhada de 5 km, iluminação, banheiros e guarita. Há, porém, muito a fazer, como o cercamento, placas e o estacionamento, previstos para saírem do papel em breve. “Essa metodologia de trabalho integrada traz grandes resultados em um curto espaço de tempo com a menor mobilização de recursos públicos. Envolvendo a comunidade e governo as coisas andam melhor e mais rápido”, avalia Edson Duarte, presidente do Brasília Ambiental.

 

Foto: Lucas Gomes/ Brasília Ambiental

O Distrito Federal dispõe de 73 Parques Ecológicos. Hoje, 20 deles estão implantados, sendo que 12 foram reformados pela atual gestão no ano passado. O Instituto pretende implantar todos até 2022. “Nós temos nesses 20 parques um público estimado de 40 mil pessoas frequentando esses espaços por semana. E esse número pode aumentar ainda mais. A implantação aqui do Tororó é uma das nossas prioridades”, acrescenta Edson.

 

“Estamos fazendo um grande mutirão com o Brasília Ambiental, a administração, o Polo Leste do GDF Presente, a Novacap, DER e a comunidade. Vamos fazer essa limpeza geral no parque para que ela seja bem utilizado. Ainda esse mês terminamos essa entrega”, afirma João Lóssio, administrador do Jardim Botânico.

 

“Estou aqui desde o ano 2000 e muita gente nem sabia que aqui tem um parque. Com os recursos de compensação ambiental está sendo possível ver esse sonho se realizar. A infraestrutura, que é iluminação, portaria e asfalto também são frutos de compensação ambiental. A ideia é entregar o parque para a comunidade e estamos aguardando o plano de manejo para isso. Será uma grande conquista para nós, esse que é o primeiro equipamento público do Setor Habitacional do Tororó”, comemora Maria José Feitosa, presidente da Associação dos Empreendedores do Tororó (Aetor).

 

O Tororó

O Parque Ecológico Tororó é o primeiro equipamento público instalado na região que, desde a sua criação em 2002, aguardava pela ação do GDF. O local atrai praticantes de ecoturismo, que buscam caminhadas, trilhas de média dificuldade e rapel. Já o Setor Habitacional Tororó tem, hoje, 15 mil habitantes, com a previsão de chegar a 56 mil moradores futuramente.

 

A unidade foi criada pelo Decreto nº 25.927, de 2005, com 322,75 hectares. Os objetivos são conservar amostras dos ecossistemas naturais, proteger paisagens naturais e incentivar atividades de pesquisa, estudos e monitoramento ambiental.

 

A criação do parque também busca estimular o desenvolvimento da educação ambiental e das atividades de recreação e lazer em contato harmônico com a natureza, além de proteger as nascentes do córrego Pau de Caixeta, com campos úmidos nas proximidades das nascentes e na área de recarga no seu interior.

 

Com informações da Agência Brasília
Clique na imagem e veja mais fotos da ação.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543