Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/06/19 às 14h40 - Atualizado em 28/06/19 às 8h01

Força-tarefa no Parque Ecológico Olhos D’Água está em ritmo acelerado

As melhorias do Parque Ecológico Olhos D’Água (Asa Norte) estão em ritmo acelerado e os frequentadores, que já estavam satisfeitos, não veem a hora de receberem o parque totalmente revitalizado. As ações estão sendo feitas pelo GDF e contam com apoio de uma força-tarefa que envolve vários órgãos do governo. Mesmo com as obras, o parque continua sendo bastante frequentado pela comunidade.

Dentre as melhorias realizadas no parque estão reparos nos alambrados, capina da vegetação, troca de luminárias, recuperação da coopervia e das pontes, sinalização vertical e horizontal da coopervia e das faixas de pedestres, recuperação do calçamento intertravado, podas e paisagismo, reforma do circuito inteligente de ginástica. Tudo isso está sendo feito pelo GDF para que a população tenha um parque à altura da cidade.

“Esse parque foi muito reivindicado pela comunidade, as pessoas lutaram para que ele existisse, por isso acompanham de perto o que está sendo feito. Portanto, uma boa oportunidade de fazer essas melhorias com o objetivo de que a comunidade seja atendida da melhor maneira possível”, afirma a superintendente de Unidades de Conservação (SUCON) do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Rejane Pieratti.

Para o universitário Luiz Gustavo, que reside na Asa Norte, o parque é um bom lugar para descansar e tirar um tempo para meditar. “O parque como um todo, é bom. Gosto de vir aqui para tirar um tempo só para mim, para descansar a mente”, diz o estudante.

Já Júlio Silva, que também é estudante e reside nas mediações do parque, conta que além de frequentar o local para caminhar, também utiliza para estudar.  “Achei bem legal as melhorias que estão realizando. Prefiro vir ao parque para dar uma caminhada ou para ler, por ser um lugar calmo, venho também para observar a natureza e já achei mais de 100 espécies de vertebrados”, conta.

Rejane disse ainda que o parque é único, por ser situado em um aglomerado urbano, cheio de prédios e comércios e possuir uma nascente. “É uma raridade, porque fica no meio de um aglomerado urbano, cheio de prédios e comércios e com algumas nascentes”, completa Rejane.

A força-tarefa no Parque Ecológico Olhos D’Água, que teve inicio na segunda-feira (10), inclui representantes de diversos órgãos do GDF, como as secretarias de Meio Ambiente, de Segurança Pública, de Obras e de Cidades, Administração Regional do Plano Piloto, Ibram, Novacap, SLU, Caesb, CEB, Funap, Detran, DER, DF Legal, além de lideranças comunitárias.

Brasília Ambiental - Governo de Brasília

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543