Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/09/19 às 12h45 - Atualizado em 17/09/19 às 10h51

Força-tarefa do GDF inicia revitalização no Parque Ezechias Heringer

O GDF iniciou na manhã desta segunda-feira (9), com a primeira reunião de trabalho, mais uma força-tarefa de revitalização e melhorias que dessa vez será voltada para o Parque Ecológico Ezechias Heringer, no Guará. O encontro teve a coordenação do secretário de governo, José Humberto Pires de Araújo, e contou com as presenças do presidente do Brasília Ambiental, Edson Duarte, da administradora do Guará, Luciane Quintana, além dos demais representantes das secretarias e parceiros da ação.

 

Segundo o presidente do Brasília Ambiental, já foram revitalizados os parques Ecológicos de Águas Claras, da Vila Varjão, do Cortado (Taguatinga) e, em fase de conclusão, o Parque Ecológico Olhos D’Água. “Essas parcerias são muito importantes, pois agiliza o processo de entrega das ações, com o objetivo final de oferecer maior conforto à população”, enfatizou Edson Duarte que na ocasião também representou o secretário do Meio Ambiente, Sarney Filho.

 

A força-tarefa parques, inserido no Programa GDF Presente, incluiu representantes de diversos órgãos do governo, como as secretarias de Meio Ambiente, de Segurança Pública, de Obras e de Cidades, Administrações Regionais, Brasília Ambiental, Novacap, SLU, Caesb, CEB, Funap, Detran, DER, DF Legal, além de lideranças comunitárias.

 

Parque Ecológico Ezechias Heringer – Também conhecido como Parque do Guará, a unidade está localizada na QE 23, Área Especial do Guará II. Recebeu o nome em homenagem ao pesquisador que identificou diversas espécies de orquídeas em todo o território do Distrito Federal.  A unidade visa garantir a preservação dos ecossistemas remanescentes; promover a recuperação de áreas degradadas com espécies vegetais nativas da região; proporcionar à população condições para a realização de atividades culturais, educativas e de lazer em contato com a natureza e incentivar a pesquisa para possibilitar o repovoamento da área com a fauna do Cerrado.

 

Dentro da área do Parque, com um total de 306.44 hectares, passa um trecho do Córrego do Guará, a mata ciliar de ambas as margens e áreas adjacentes, onde já foram encontradas 51 espécies arbóreas, 72 espécies de orquídeas e 59 espécies de arbustos e ervas, incluindo espécies raras e quase extintas.

Brasília Ambiental - Governo de Brasília

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543