Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/09/20 às 8h09 - Atualizado em 1/10/20 às 9h33

Fiscais do Brasília Ambiental e do DF Legal retiram ocupações de área de preservação

Equipe de Auditores fiscais do Instituto Brasília Ambiental realizaram, na manhã desta segunda-feira (21), uma operação conjunta com o DF Legal no Parque Ecológico Viva Sobradinho, localizado próximo à Área de Preservação Permanente (APP) do Ribeirão de Sobradinho. A ação teve como objetivo a retirada de ocupações irregulares.

 

Da área de preservação foram retiradas uma casa de alvenaria em edificação, quatro barracos de madeirite, dois galinheiros de tela e madeira, um canil de tela e alvenaria, três portões, cercas da entrada dos locais, uma cisterna aterrada e mais de 100 metros de fiação elétrica clandestina. As casas estavam desocupadas e foram desmontadas. Mas ainda há construções de alvenaria no parque, que constam no relatório de vistoria pré-operacional, e que os fiscais não conseguiram ter acesso nessa operação. Porém, elas sofrerão ação fiscal posteriormente.

 

O superintendente de Fiscalização, Auditoria e Monitoramento do Instituto (Sufam), Humberto Valli, ressalta que a realização de retiradas de invasores das áreas especialmente protegidas é de suma importância para a preservação do meio ambiente. “Essas ocupações irregulares, em regra, são acompanhadas de supressão de vegetação, instalação de fossas negras, despejos de resíduos sólidos, aterramento de nascentes, dentre outras atividades degradantes”.

 

Segundo Valli, o benefício dessas operações preventivas, realizadas no início da invasão, é a de que o impacto social, ambiental, e até financeiro para o infrator, é bem reduzido, se comparadas a moradias já instaladas há muito tempo. ”Nesse aspecto, o  Brasília Ambiental e o DF Legal têm agido muito acertadamente em realizar a retirada dessas ocupações irregulares ainda em fase inicial”, acrescenta.

 

Além do Brasília Ambiental e do DF Legal, participaram da operação: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, CEB, CAESB e a Secretaria de Ordem Pública e Social (SEOPS).

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543