Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/12/20 às 11h13 - Atualizado em 12/01/21 às 10h58

Em 2020, Hospital Veterinário realizou mais de 35 mil atendimentos

O Hospital Veterinário Público do Distrito Federal (HVEP), que atua sob a responsabilidade do Instituto Brasília Ambiental, fecha o ano de 2020 com mais de 35 mil atendimentos feitos. Até o dia 23 de dezembro foram realizadas 1.300 cirurgias gerais, 10.550 consultas clínicas médicas, 10.272 retornos e 13.564 exames de imagem.

 

Mesmo tendo sido um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, que provocou a redução do atendimento aos casos emergenciais durante grande parte do ano, os números fechados, antes mesmo de finalizar dezembro, superaram os atendimentos realizados em todo 2019, que foi de 30.268.

 

Na avaliação da vice-coordenadora do HVEP, Lindiene Samayana Teixeira Marques, apesar de ano de 2020 ter trazido uma situação absolutamente nova para o mundo inteiro, e que levou todos a muitas adaptações, o HVEP conseguiu prestar à população o atendimento adequado e necessário. “Os números do desempenho do hospital revelam essa realidade”.

 

Lindiene destaca como a mais importante entrega do hospital este ano o serviço de excelência prestado, mesmo diante da realidade da crescente demanda. Para ela o grande desafio para 2021 é procurar meios de aumentar a capacidade de atendimento a fim de garantir maiores impactos positivos aos usuários.

 

O HVEP foi inaugurado em 5 de abril de 2018, funciona em um prédio com 540 metros quadrados no parque ecológico do Cortado, em Taguatinga. Oferece serviços gratuitos de consultas, cirurgias, medicações, exames laboratoriais e de imagens, internação e outros tratamentos para cães e gatos, sobretudo, pertencentes a famílias de baixa renda ou inscritas em programas sociais do Governo do Distrito Federal (GDF).

 

  O atendimento fornecido pelo hospital contribui indiretamente para ações como: diminuição do abandono de animais pelos tutores e consequente redução da superpopulação de cães e gatos no meio urbano; redução da introdução de espécies exóticas invasoras (cães e gatos abandonados) em unidades de conservação ou fragmentos de vegetação nativa, e consequente diminuição da perda de biodiversidade local; e aumento da qualidade de vida dos animais atendidos.

 

Pesquisa de satisfação  – A cada três meses a Comissão de Monitoramento do HVEP, formada por servidores do Brasília Ambiental, faz pesquisa de satisfação e desempenho do hospital. O trabalho é realizado por meio de ligações telefônicas e com a entrega de questionários nas dependências do hospital. Este ano, devido à pandemia, a ferramenta usada foi o site do lnstituto. Nas últimas pesquisas mais de 95% dos tutores consideraram ao atendimento bom ou ótimo.

 

O tutor Omar dos Santos Costa, morador do Guará, ressalta que o HVEP é uma boa alternativa para as pessoas que não têm condições de pagar um tratamento para o seu animal de estimação. “Agradeço a iniciativa do GDF de manter o Hospital Veterinário, porque muitas pessoas, como eu, não têm como bancar um tratamento para seu bicho de estimação. E o HVEP oferece excelente atendimento. Somos super bem tratados aqui, animais e tutores”.

 

Vanderlene, tutora da cadela Sasha, endossa a opinião de Osmar. “As atendentes são super atenciosas, fornecem todas as informações que se pede. O atendimento aqui é melhor do que eu poderia imaginar. Todos os cuidados para nos proteger da pandemia são tomados. Trouxe minha cadelinha aqui poque ela necessita de uma cirurgia, e a forma como fomos recebidas superou minhas expectativas”.

 

Andréa, tutora do gatinho Chicó, moradora de Taguatinga, também faz eco com os outros tutores. “O Chicó foi super bem tratado no HVEP. A estrutura do hospital é muito boa, e as pessoas do atendimento são muito educadas e prestativas”.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543