Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/12/13 às 17h16 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Eficiência na execução da compensação ambiental no DF é destaque em Workshop

O Distrito Federal está entre as melhores Unidades da Federação no que se refere à cobrança e aplicação de compensação ambiental do Brasil. A afirmação foi feita durante o Workshop “Estado da Arte da Compensação Ambiental nos Estados Brasileiros”, pelos organizadores do evento, que convidaram o chefe da UCAF (Unidade de Compensação Ambiental e Florestal) do IBRAM, Ricardo Roriz, para expor a experiência local a profissionais que lidam com compensação ambiental em todo País. O Workshop aconteceu no dia 11 de dezembro, no Centro de Convenções Israel Pinheiro, Lago Sul.

Os principais pontos destacados pelos organizadores do evento, foi a forma de execução direta por parte do empreendedor, adotada pelo Distrito Federal e sua adequada destinação.

Segundo os organizadores, muitos Estados ainda incluem este tipo de compensação como recurso orçamentário, e a usam para custear atividades não correlacionadas com a implantação e gestão de unidades de conservação.

De 2010, ano de criação da Câmara de Compensação Ambiental do Ibram, até o presente momento o DF já destinou mais de R$ 38 milhões em compensação ambiental, além de um montante de aproximadamente R$ 15 milhões que estão em fase de formalização de Termos de Compromisso. “A compensação ambiental é um instrumento fundamental para o sucesso do Programa Brasília Cidade Parque. E suas corretas cobrança e destinação possibilitaram que o IBRAM e a SEMARH inaugurassem uma forma sustentável e inovadora de implantação e revitalização dos Parques e Unidades de Conservação do DF.”, explicou Ricardo Roriz.

 Ele destacou que o Programa Brasília Cidade Parque visa promover a participação da administração pública, pessoas físicas e jurídicas, da sociedade civil organizada na gestão dos parques e unidades de conservação distritais. Tendo ainda como objetivos: ordenar o uso sustentável dos parques e unidades de conservação pela população e por associações desportivas, de lazer, culturais, por ONGs e outras pessoas físicas e jurídicas; sensibilizar sua população visitante e lindeira do uso adequado desses espaços; e promover a sustentabilidade ambiental, econômica e social das áreas protegidas.

Nos últimos três anos o Programa Brasília Cidade Parque implantou e revitalizou 11 parques ecológicos e de uso múltiplo, e tem como meta, a entrega à população, de 30 unidades, até o final de 2014.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543