Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/05/14 às 17h12 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Dia Mundial da Reciclagem: Ibram concede Licença de Instalação à cooperativa de trabalhadores em coco

Além da água saborosa, você sabia que o coco tem um aproveitamento que vai da produção de vasos, bastões, mantas têxteis, substrato, fibra, até calçados, encostos e bancos de carros?. Pois é, tem. A Coopercoco, Cooperativa dos Trabalhadores em Coco do Distrito Federal, tem bastante conhecimento desse leque amplo de aproveitamento. Nesta sexta (16/5), às 10h30a Secretaria doe Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) assinaram a Licença de Instalação (LI) desta Cooperativa,em comemoração ao 17 de maio, Dia Mundial da Reciclagem. O evento aconteceu na sede da própria Secretaria, e contou com a participação também da Secretaria da Micro e Pequena Empresa e Economia Solidária (Sempes).

O Secretário de Meio Ambiente, Paulo Lima, ressaltou que a partir da assinatura da LI a Cooperativa terá mais condições de prestar assistência aos seus cooperados, como também de ampliar suas ações que incentivam a produção sustentável e o desenvolvimento sócio econômico do DF. Ele enfatizou que é um prazer enorme para a Semarh ajudar na realização de trabalhos comprometidos com a causa ambiental.

Nilton Reis, presidente do Ibram, ressaltou que a data para a assinatura da LI teve um significado todo especial, porque a atividade da cooperativa sinaliza positivamente para a questão da reciclagem.

A Secretária Adjunta da Sempes, Dalva Pires, também reconheceu o trabalho da cooperativa. “Parabéns pela obtenção da licença. Nossa Secretaria estará sempre à disposição da Coopercoco para o que for necessário. Nosso objetivo é incentivar e apoiar ações empreendedoras como a de vocês”, ressaltou.

A Coopercoco conta com 32 cooperados. Sua unidade de beneficiamento vai funcionar na Região Administrativa do Riacho Fundo I, na fazenda Sucpira. A cooperativa tem a finalidade de comercializar e beneficiar os subprodutos (água e casca) do coco verde, prestar serviços aos seus associados, promover o desenvolvimento social, gerar trabalho e renda para as comunidades carentes e contribuir para redução dos impactos ambientais e sanitários causados pelo depósito indiscriminado da casca do coco.

José Roberto enfatiza que a Licença de Instalação será o passo mais importante do processo de estabelecimento da cooperativa.Temos a área há mais de 2 anos e obter a licença é uma grande vitória pra nós. Cumprimos todas as exigências técnicas. O Ibram foi um grande parceiro, nos orientando em tudo. Nossa cooperativa é a primeira a ter uma licença de instalação, aceitação dacomunidade do Riacho Fundo foi excelente. Devemos gerar mais de cem empregos diretos e cerca de 300 indiretos”, comemora José Roberto. Além dos representantes governamentais e da cooperativa, participaram do evento vários cooperados.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543