Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/04/16 às 22h05 - Atualizado em 17/12/18 às 11h25

Comitê Gestor da Arie Granja do Ipê realiza primeira reunião formal

“Um dos componentes da sustentabilidade é o apoio em algo duradouro. A sociedade vai nos ajudar a dar continuidade ao legado que deixarmos aqui”. A afirmação é da presidente do IBRAM, Jane Vilas Bôas, feita durante o primeiro encontro formal do Comitê Gestor da Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) Granja do Ipê, que ocorreu nesta terça-feira (26) na Universidade Internacional da Paz — organização não governamental (ONG) e sem fins lucrativos criada em 1986 e instalada na propriedade.  Ela ressaltou que compartilhar com a população a responsabilidade de cuidar da Granja do Ipê é prioridade da atual gestão do Instituto.

O secretário do Meio Ambiente, André Lima, agradeceu a oportunidade de fazer parte do processo e ressaltou o empenho dos presentes. “Uma sociedade mobilizada faz toda a diferença; o comitê é um exemplo, um apoio fundamental para o meio ambiente e para a cidadania.”

No Encontro, membros do colegiado se apresentaram, foram empossados e conheceram um pouco mais sobre a Arie, em exposição feita por Regina Fittipaldi, representante da ONG e integrante do colegiado. Além das características do local, foram abordados o contexto histórico e os problemas enfrentados pelos defensores da região, entre eles a retirada de cascalho para construção de estradas, a alta quantidade de lixo nas nascentes, o manejo inadequado dos recursos hídricos, as queimadas por ação do ser humano, o assoreamento dos córregos, as cenas de violência urbana e a ocupação irregular do solo.

Responsável por garantir a conservação da área, o Comitê Gestor é composto por 22 pessoas: nove representantes do governo, nove da sociedade e quatro de instituições de ensino e pesquisa. Todos têm mandato de dois anos. O Decreto nº 37.198, de 21 de março, que criou o colegiado, foi assinado pelo governador Rodrigo Rollemberg em 20 de março, e os representantes foram definidos por meio da Portaria Conjunta nº 1, de 4 de abril. A instituição é prevista na Lei nº 827, de 22 de julho de 2010. A norma determina que unidades de conservação, entre elas as áreas de relevante interesse ecológico, tenham um grupo responsável por preservá-las. Também é papel do Comitê auxiliar na implementação do plano de manejo e desenvolver atividades de educação ambiental.

 

 

 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543