Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/12/20 às 15h16 - Atualizado em 10/12/20 às 14h01

Câmara de Compensação Ambiental tem última reunião do ano

O Brasília Ambiental realizou, nesta semana, a 3ª Reunião Ordinária de 2020 da Câmara de Compensação Ambiental e Florestal (CCAF). Presidida pelo secretário-geral do Instituto, Thúlio Moraes, a equipe também conta com representantes da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), da Universidade de Brasília (UnB), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da sociedade civil organizada para decidir sobre a destinação de recursos de compensação ambiental e florestal no Distrito Federal. As atividades foram realizadas em regime de teletrabalho, respeitando as restrições da pandemia de Covid-19.

 

Nesta última reunião do ano, a CCAF deliberou a destinação de cerca de R$ 16 milhões para o custeio de obras e serviços de implantação e consolidação das Unidades de Conservação (UC’s) do Brasília Ambiental, com foco na preservação das áreas e na sua estruturação para receber os usuários dos espaços públicos, quando for o caso. Entre as unidades beneficiadas estão: Parque Recreativo do Gama, Parque Distrital das Copaíbas, Parque Distrital Bernardo Sayão, Parque dos Pioneiros e Parque Ecológico Ezechias Heringer.

 

Com uma formação plural, a equipe de trabalho, além de destinar os recursos, também acompanha e orienta as ações realizadas pelo Brasília Ambiental. “Temos a missão de solicitar o aperfeiçoamento dos critérios de apresentação de propostas e orientar melhorias nos processos internos para que todo o trabalho seja realizado da melhor forma. É muito importante para a manutenção das unidades de conservação que os recursos sejam bem direcionados e aplicados”, destaca o secretário-geral Thúlio Moraes.

 

Colegiado – A compensação ambiental é uma das principais ferramentas instituídas para criação e manutenção de unidades de conservação e da natureza. Já a compensação florestal está relacionada aos impactos decorrentes da supressão de vegetação, vinculada ou não a procedimentos de licenciamento ambiental.

 

Criada em 2010, a CCAF é um órgão colegiado que conta com a participação de várias entidades e tem a função de decidir sobre a destinação de recursos de compensação ambiental e florestal, beneficiando os parques e unidades preservadas do Distrito Federal.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543