Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/10/13 às 20h57 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

Brasília Sem Fronteira: Nara e Leandro selecionados para estudar no exterior

Dois servidores do IBRAM foram selecionados para o Programa Brasília Sem Fronteiras (BsF) do Governo do Distrito Federal. Os dois, Ildanara Alves de Oliveira (26), da Diretoria de Orçamento e Finança (Diorf), e Leandro de Almeida Salles (27), da Gerência de Gestão Florestal (Geflo), estão arrumando as malas para estudar durante um mês, com todas as despesas pagas pelo GDF, nas cidades de Viena e Krems, na Áustria, respectivamente. O estudo no exterior acontece de dois de novembro a dois de dezembro. Ambos estão só felicidade.

O BsF foi criado pelo Decreto nº 34.546 de 1º. de agosto de 2013, com o objetivo de contribuir para a melhoria significativa da qualidade e competitividade da gestão pública do GDF. Oferece educação e capacitação profissional, por meio de imersão, vivência e intercâmbio internacional em instituições acadêmicas de excelência no mundo. Além de Viena e Krems, que receberão nossos representantes da área ambiental, a cidade de Haia, na Holanda, também será sede dessa etapa inaugural do Programa.

Ildanara, mais conhecida como Nara, foi selecionada para o curso Cidades Inteligentes. Ela é formada em relações internacionais e recentemente fez intercâmbio de inglês. Acredita que esse processo de formação foi o que deu segurança para que participasse do BsF. “Estou me sentindo bastante feliz porque é uma oportunidade muito boa de aprender, de representar o Brasil, Brasília e o Ibram. A expectativa é aprender muito, trazer conhecimento que possa ser aplicado aqui”, diz, sorridente a técnica administrativa, que iniciou carreira de servidora no Instituto em 2010.

Para Nara a iniciativa do GDF foi surpreendente. “Acho que é vanguarda. Pra melhorar os serviços que as pessoas prestam para a sociedade tem que ter investimento. E a prova de que isso dá certo é o Japão: há 60 anos, antes da 2ª guerra, o país investiu pesado enviando seus jovens para estudar nas grandes potências. Hoje ele, Japão, é que é uma imensa potência, e isso é inquestionável”, exemplificou.

Leandro de Almeida Salles vai participar do curso “Hospitalidade em grandes eventos”. Ele considera uma honra representar o Ibram nessa primeira edição do BsF,  e ressalta estar extremamente feliz pela oportunidade. “Minha maior expectativa é a experiência acadêmica em uma universidade no exterior. Se a experiência acadêmica em universidades do Brasil já é muito interessante, apesar das dificuldades encontradas pelas instituições de ensino superior do nosso país, imagina na Áustria, onde a cultura universitária existe desde o século 14”, considera.

Para Leandro o GDF está no caminho certo ao criar um programa como o BsF. “Temos muito que aprender com os países europeus. Afinal, eles oferecem serviços públicos com excelência e estão acostumados a promover grandes eventos. Proporcionar a ida de servidor público para o exterior é uma maneira inteligente de trazer conhecimento, know how, para a nossa cidade, que é Patrimônio Mundial da Humanidade, e tem potencial para sediar grandes eventos esportivos, culturais, empresariais, além do seu potencial turístico. Portanto, a cidade precisa se preparar para isso”, enfatiza.

 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543