Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/12/20 às 8h20 - Atualizado em 10/12/20 às 8h20

Brasília Ambiental aposta em planejamento

Modernização e organização institucional são palavras de ordem no Brasília Ambiental. A autarquia está em fase final do Planejamento Estratégico 2021, alinhado com a gestão de pessoas e com a consolidação do teletrabalho – experiência bem sucedida no instituto. O órgão ambiental publicou no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta semana a Instrução Normativa nº 37, na qual consolida sua Política de Gestão de Pessoas.

 

A IN 37 estabelece essa afinação da Política de Gestão de Pessoas e planejamento estratégico a fim de possibilitar melhor alcance dos resultados, da promoção da equidade e da justiça com foco na competência, na capacitação, no desenvolvimento pessoal, no bem-estar e na qualidade de vida em ambiente de trabalho.

 

“Estamos trabalhando na elaboração dos indicadores para medição de produtividade. Vamos avançar no teletrabalho. Tivemos grandes performances e a ideia é consolidá-las. O ano de 2021 será ainda de mais realizações”, destaca o presidente do Brasília Ambiental, Cláudio Trinchão.

 

O gestor informa que em 2021 o instituto vai iniciar a contratação de empresa especializada para desenvolver um sistema corporativo, de forma que todas as áreas trabalhem integradas e ofereçam o máximo de serviços de forma virtual. “Considerando que nossa visão é ser reconhecido como autarquia de excelência técnica na gestão do meio ambiente”, justifica.

 

O secretário-geral do instituto, Thúlio Cunha Moraes, explica que os indicadores são ferramentas que auxiliam os gestores com o objetivo de tomar conhecimento de como está a produtividade da equipe. E até fazer comparações no âmbito de suas próprias unidades.

 

Também serve para saber quais áreas estão com déficit de pessoal, operar remanejamento de pessoal e viabilizar condições de controle no desempenho de suas equipes, para poder pactuar metas com elas. É uma ferramenta para tomada de decisão, para gestão e para a contínua melhoria dos serviços prestados.

 

“A partir do momento em que todas as áreas passarem a registrar suas atividades e passarmos a medir isso por meio de indicadores, podemos conseguir pleitear, por exemplo, um concurso público, uma gratificação por produtividade. O indicador é o início de algo muito maior que a gente pode construir, no sentido de profissionalizar a gestão no órgão ambiental”, afirma Thúlio Moraes.

 

Novos tempos

O instituto trabalha no processo de definição dos seus indicadores desde outubro. Cada área foi chamada a estipular os seus projeções. O processo deve ser finalizado ainda neste mês e virar uma Instrução Normativa. A ferramenta é considerada primordial para o objetivo de consolidar e ampliar o teletrabalho no órgão.

 

Chefe da Unidade de Planejamento Estratégico (Uplan) do Brasília Ambiental, Ariana Leite destaca três fatores importantes com relação ao alinhamento da política de gestão de pessoas ao planejamento estratégico do instituto: a efetividade do trabalho, a melhoria dos resultados como um todo e a execução do trabalho com foco. “Quando sabemos por que estamos trabalhando, qual o nosso objetivo, onde queremos chegar, quais resultados queremos alcançar. Conseguimos ter mais foco e o nosso trabalho se torna mais efetivo”, ressalta Ariana.

 

Algumas áreas do Brasília Ambiental já consolidaram o teletrabalho, independentemente da pandemia. Até porque a experiência nessas áreas já havia sido iniciada nos anos anteriores. Uma delas é o setor de licenciamento, que é considerada a de maior êxito.

 

O superintendente de Licenciamento Ambiental do instituto (Sulam), Alisson Neves, garante que com boa gestão, organização das demandas e contínua avaliação dos procedimentos é possível superar as adversidades, de modo a garantir a segurança do servidor e da população atendida.

 

“Antes da pandemia iniciamos o regime de teletrabalho para alguns servidores, com resultados iniciais animadores. Com o isolamento social, já tínhamos experiência acumulada que nos possibilitou melhor aproveitamento nesse ‘período de crise’, permitindo comemorarmos um 2020 com resultados tão consistentes quanto os de 2019”, enfatiza Alisson.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543