Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/07/13 às 22h06 - Atualizado em 17/12/18 às 11h24

4ª CDMA: encontro preparatório chega ao Gama e reúne outras seis cidades do DF

 

O GDF, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), promove nos meses de julho e agosto reuniões preparatórias para a 4ª Conferência Distrital do Meio Ambiente (CDMA), que neste ano debate o tema resíduos sólidos.

Nesta quinta-feira (1º), o encontro preparatório reúne as regiões do Gama, Santa Maria, Recanto das Emas, Riacho Fundo, São Sebastião, Paranoá e Itapoã. A ideia é debater o tema em todas as cidades do DF e da Região Integrada de Desenvolvimento Econômico (RIDE) para subsidiar o Plano de Gestão Integrado. O encontro desta semana será realizado no Campus do Gama da Universidade de Brasília, das 13h às 19h. A Conferência Distrital será realizada nos dias 11, 12 e 13 de setembro.

Na região de Santa Maria já opera uma Área de Transbordo e Triagem (ATT), que é uma das ações previstas pelo Plano de Gestão de Resíduos Sólidos do DF para a destinação correta de descartes da construção civil. Atualmente, o Lixão da Estrutural recebe mais de cinco mil toneladas/dia de resíduos que são apenas enterrados, sem nenhum reaproveitamento. Até o fim do ano, estão previstos a implantação de duas outras ATT, uma em Planaltina e outra em Ceilândia.

A ATT de Santa Maria tem recebido e feito a triagem de 500 a mil toneladas/dia do material, e apresenta um potencial de aproveitamento entre 10% e 15%. Segundo o secretário Eduardo Brandão, há um comitê gestor para tratar do assunto, que reúne diversos órgãos do GDF, no qual a Semarh é a coordenadora. “Aprovamos nos últimos dias, no grupo, que o mínimo de aproveitamento do agregado destes resíduos em pavimentação de obras públicas tem de ser de 30%”, explica. Este número deverá ser regra a partir de um decreto do governador Agnelo Queiroz.

Contexto

Para implementar as políticas públicas do DF, o governador Agnelo Queiroz assinou, em meados de julho, com o governo de Goiás, o Consórcio de Manejo de Resíduos Sólidos e Águas Pluviais da RIDE – CORSAP. O documento trará benefícios para a Capital e para os 20 municípios envolvidos. O acordo propõe a divisão das cidades em quatro pólos de solução de tratamento do lixo.

“Com o consórcio, poderemos dar um tratamento adequado para o lixo ao invés de uma solução para cada cidade. Para o meio ambiente não há fronteiras”, defende Eduardo Brandão. O GDF está empenhado em mudar uma realidade de 50 anos: o DF possui o maior lixão a céu aberto em operação da América Latina. Após a Conferência Distrital haverá a Nacional, que será realizada, em Brasília, dos dias 23 a 27 de outubro.

Entre as principais ações do plano para o DF estão o fim das atividades do lixão da Estrutual; a abertura do Aterro Sanitário Oeste, localizado entre Ceilândia e Samambaia; a implantação da coleta seletiva em todo o DF; e a instalação de 12 centrais de triagem de materiais recicláveis para abrigar o trabalho das cooperativas de catadores.

A instalação de seis áreas para a reciclagem de resíduos da construção civil, duas áreas de aterro de inertes, e um centro de comercialização de materiais recicláveis também estão previstas. Um trabalho de inclusão social com todos os catadores por meio de formação profissional, assistência técnica e inserção de cooperativas e associações é uma das principais metas do projeto.

Reuniões preparatórias

A primeira reunião preparatória contou com a participação de mais de 150 pessoas das regiões de Sobradinho e Planaltina. A reunião que deveria ter acontecido no último dia 25, quinta-feira passada, foi adiada para o dia 20 de agosto e será realizada em Formosa. Este encontro reunirá os municípios da RIDE de Cabeceiras, Vila Boa, Água Fria de Goiás e Planaltina do Goiás.

As conferências têm como foco a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos nos âmbitos local e regional, com destaque para quatro tópicos: a produção e consumo sustentáveis; redução de impactos ambientais; geração de empregos e renda; e educação ambiental.

Saiba mais:
Cronograma: encontros preparatórios 4ª CDMA

 

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543